Pesquisar este blog

codigos blog

assine o feed

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Seguidores e seguidos!

05 agosto 2011

"Estudos descobrem diferenças no cérebro


Cientistas do Instituto Mind, da Universidade da Califórnia, em Davis, descobriram que o cérebro de autistas do sexo masculino, tem menos neurônios na região chamada amídala, uma parte envolvida em emoções e memória. O estudo publicado na edição atual do Journal of Neuroscience, é o primeiro neuroanatômico a quantificar uma diferença importante na amídala autista.
David Amaral, diretor de pesquisa do Instituto Mind e sua equipe, contaram e mediram amostras representativas de neurônios na amídala de 9 cérebros post-mortem de homens que tiveram autismo, e 10 de homens que não sofriam do distúrbio. A idade de ambos os grupos ia de 10 a 44 anos no momento da morte.
Quando eles contaram os neurônios eles encontraram significativamente menos neurônios, em toda a amídala e em seu núcleo lateral nos cérebros de pessoas com autismo.
"Enquanto sabemos que o autismo é um distúrbio do desenvolvimento cerebral, porém onde, como o cérebro autista se desenvolve de maneira anormal, vem sendo um mistério", disse Thomas R. Insel, médico e diretor do Instituto Nacional de Saúde Mental. "Essa descoberta é importante pois demonstra que a estrutura da amídala é anormal no autismo. Juntamente com outras descobertas sobre o funcionamento anormal da amídala, a pesquisa está começando a estreitar a investigação pela base cerebral do autismo."
Com essa última confirmação, de que a amídala é patológica no autismo, Amaral e seus colaboradores vão determinar agora porque há menos neurônios na amídala e se outras partes do cérebro são afetadas da mesma forma.

Um comentário:

  1. Olá, Patrícia, tudo bem?
    Linda essa sua iniciativa em divulgar informações sobre algo tão comum mas ao mesmo tempo, tão pouco conhecido: o autismo! O William é lindo! Patrícia, sou de São josé dos Campos e conheço uma escritora daqui que escreveu um livro infantil sobre o autismo. Eu ilustrei o livro dela mas é ela a especialista no assunto. Queria te perguntar se vc poderia divulgar o livro dela também aqui neste blog. Por favor, me responda através email sonia.clavedesol@yahoo.com.br Grata pela atenção!

    ResponderExcluir

Oi seja bem vindo (a) fike a vontade e deixe seu comentário e seu link para que eu te visite também abraçoss