Pesquisar este blog

codigos blog

assine o feed

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Seguidores e seguidos!

20 julho 2011

Casa Grande quer ser uma incubadora para a integração dos portadores de Síndrome de Asperger

A primeira casa dedicada ao treino social de portadores de síndrome de Asperger, uma forma particular de autismo, começa a nascer hoje em Lisboa, na casa da Quinta Grande, em Benfica. Um edifício do século XVII, cedido pela Câmara de Lisboa à Associação Portuguesa de Síndrome de Asperger que se vai transformar na primeira incubadora de treino de competências sociais destas pessoas.
Piedade Líbano Monteiro, presidente da APSA e mãe de um filho, com 19 anos, portador da doença, afirma que o objectivo do projecto, a que chamaram Casa Grande e cujas obras arrancam hoje, incide no verbo treinar: “Queremos dar apenas um treino. Quando alguém chega a um determinado sítio sabe que tem de dizer bom dia. Mas para um portador de Asperger isso pode não ser tão óbvio. Se todos sabem que o dia está bom, porque deveria ele de dizer bom dia? Se para alguém dizer bom dia é inato, os portadores de Asperger têm de aprender isso”, diz a responsável da associação sobre esta necessidade de aprendizagem de competências sociais.

Com uma lavandaria, alfarrabista, restaurante, reprografia, entre outras actividades abertas à comunidade em geral, a Casa Grande é o primeiro lugar do género do país de apoio ao desenvolvimento das capacidades destes doentes.”Não se trata de um local de isolamento, onde fiquem encerrados. O objectivo é treinar para que depois se integrem com maior facilidade, na escola, na sociedade em geral. E que nós aprendamos também a lidar com eles”, diz Piedade Líbano Monteiro.

“Sempre disse, desde que o meu filho entrou na escola, que só o colocariam numa instituição se passassem por cima de mim”, diz a responsável, frisando que é no desenvolvimento das mais valias e no fornecimento de ferramentas sociais do doente que se deve investir. “Este é um local onde todos vão poder entender os portadores de Asperger”.

Piedade Líbano Monteiro afirma que o esforço da APSA é agora tentar reproduzir este projecto no norte, algo que já está em marcha. “E se alguém tiver coragem de lançar um projecto igual no sul a APSA também apoiará”.

A Síndrome de Asperger é uma forma particular de autismo, uma perturbação neurocomportamental, de desenvolvimento, de base genética. Caracteriza-se basicamente por alterações sobretudo na interacção social, na comunicação e no comportamento e afecta o modo como uma pessoa comunica e se relaciona com os outros.

As pessoas com Síndrome de Asperger acabam por se isolar e limitar os seus interesses a determinados temas. Esta atitude prejudica ainda mais a sua relação com o outro.

Calcula-se que em Portugal existam cerca de 40 mil pessoas com de Síndrome de Asperger afectando maioritariamente os rapazes.
fonte:http://www.publico.pt/Sociedade/casa-grande-quer-ser-uma-incubadora-para-a-integracao-dos-portadores-de-sindrome-de-asperger_1503891

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi seja bem vindo (a) fike a vontade e deixe seu comentário e seu link para que eu te visite também abraçoss